Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

7e8f6a2a-0616-4d55-b879-d1b50470df70
No comando: ALEGRIA ALEGRIA

Das 5:00 as 7:30

biblia
No comando: CONVERSANDO COM DEUS

Das 7:30 as 9:00

7e8f6a2a-0616-4d55-b879-d1b50470df70
No comando: ALEGRIA ALEGRIA

Das 05:00 as 07:30

No comando: ARQUIVO SERTANEJO

Das 05:00 as 08:00

No comando: UMA LUZ EM TEU CAMINHO

Das 07:30 as 08:00

No comando: SINTONIA POPULAR

Das 08:00 as 09:00

Pedro Álvares
No comando: BREGA TOTAL

Das 08:00 as 10:00

No comando: CAJARÍ PARA TODOS

Das 09:00 as 10:00

10
No comando: CONEXÃO DIRETA

Das 09:00 as 11:00

No comando: BINGO VIANA FELIZ

Das 10:00 as 11:00

sabia-e-a-natureza
No comando: BAIXADA EM DEBATE

Das 10:00 as 12:00

No comando: PROGRAMAÇÃO PADRÃO

Das 11:00 as 12:00

No comando: JORNAL REGIONAL

Das 11:00 as 12:00

No comando: BINGO PAPAICAP

Das 12:00 as 13:00

No comando: PALMAS E PALMATÓRIAS

Das 12:00 as 13:00

No comando: VIANA EM FOCO

Das 12:00 as 13:00

No comando: UMA LUZ EM TUA VIDA

Das 13:00 as 13:30

FOTO_VINIL1a
No comando: ARQUIVO MUSICAL (VARIADAS)

Das 13:00 as 15:00

IMG-20170404-WA0044
No comando: DE BEM COM O SUCESSO

Das 13:30 as 15:30

No comando: BINGO

Das 15:00 as 17:00

Riba Sousa
No comando: CONEXÃO REGGAE

Das 15:30 as 17:00

Riba Sousa
No comando: CONEXÃO REGGAE

Das 16:00 as 17:00

No comando: SHOW DA MISTURA

Das 17:00 as 18:00

No comando: SHOW DA MISTURA

Das 17:00 as 18:00

FOTO_VINIL1a
No comando: ARQUIVO MUSICAL (MPB)

Das 17:00 as 20:00

FOTO_PROGRAMA_02
No comando: MOMENTO GOSPEL

Das 18:00 as 19:00

No comando: ENCONTRO MARCADO

Das 18:00 as 20:00

Bandeira-Brasil-stock.xchng-menor
No comando: A VOZ DO BRASIL

Das 19:00 as 20:00

FOTO_VINIL1a
No comando: ARQUIVO MUSICAL (ERUDITAS)

Das 20:00 as 00:00

pplware_gira_discos-720x482
No comando: ARQUIVO MUSICAL

Das 20:00 as 00:00

No comando: PROGRAMAÇÃO PADRÃO

Das 20:00 as 00:00

Boliviana que autorizou voo da Chapecoense viaja ao Brasil e pede refúgio

Compartilhe:
f3jr3hxoxkk3xejrbs2j93eqv

Celia Castedo foi denunciada na Bolívia e, se for declarada culpada na tragédia que matou 71 pessoas, pode pegar até 4 anos de prisão

A boliviana Celia Castedo Monasterio, funcionária de controle de tráfego aéreo do seu país que autorizou a ida do avião da Chapecoense rumo à Colômbia mesmo tendo apontado problemas no plano de voo, viajou para o Brasil e pediu ajuda. A aeronave partiu de Santa Cruz de La Sierra e deveria ter feito uma parada técnica antes de chegar a Medellín.

E mais: Bolívia denuncia funcionária que autorizou voo da Chapecoense

A boliviana foi processada pela Aasana (Administração de Aeroportos e Serviços Auxiliares à Navegação Aérea da Bolívia), que apresentou uma denúncia penal contra ela. A investigação é pelo “não cumprimento de deveres” e “atentado contra a segurança dos transportes”. Ambos os casos podem levar a uma pena de um a quatro anos de prisão.

O MPF (Ministério Público Federal) informou, em comunicado, que Celia Castedo buscou a Procuradoria da República em Corumbá, no Mato Grosso do Sul, na última segunda-feira. O MPF disse que vai solicitar aos órgãos federais competentes as medidas cabíveis, conforme as normas internacionais e o direito brasileiro.

De acordo informações da TV Globo, a boliviana solicitou refúgio no País.

Depois de toda tragédia que matou 71 pessoas perto de Medellín, Celia revelou que havia questionado um despachante da empresa aérea Lamia sobre alguns pontos do plano de voo, inclusive que o tempo de rota era igual ao tempo de autonomia da aeronave.

Aeromoça sobrevivente defende o piloto: “Ele morreu como um herói sim”

As causas do acidente ainda estão sendo investigadas, mas a principal hipótese é de que o avião tenha ficado sem combustível durante o voo a caminho de Medellín, onde a Chapecoense enfrentaria o Atlético Nacional na primeira partida da final da Copa Sul-Americana.

Suspensa das funções

Após o acidente, Tito Gandarillas, diretor da Aasana, foi exonerado do cargo. Já Celia Castedo Monasterio ficou suspensa de suas funções por suspeita de negligência. O objetivo da denúncia é saber por que a funcionária, que tem mais de 20 anos de experiência, autorizou um plano de voo que ela própria havia questionado.

Assista: Vídeo mostra resgate de sobrevivente da tragédia chamando pelos amigos

A polícia boliviana também investiga possíveis ligações entre a Lamia e a Conmebol, já que a empresa tinha amplo acesso a equipes sul-americanas, apesar de sua frota ter somente três aviões e da pouca experiência no mercado.

Fonte: IG

Deixe seu comentário:

Curta no Facebook

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

diques da baixada

diques da baixada

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

REGGAE

REGGAE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

agenda

setembro 2020
D S T Q Q S S
« ago    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930