Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

7e8f6a2a-0616-4d55-b879-d1b50470df70
No comando: ALEGRIA ALEGRIA

Das 5:00 as 7:30

biblia
No comando: CONVERSANDO COM DEUS

Das 7:30 as 9:00

7e8f6a2a-0616-4d55-b879-d1b50470df70
No comando: ALEGRIA ALEGRIA

Das 05:00 as 07:30

No comando: ARQUIVO SERTANEJO

Das 05:00 as 08:00

No comando: UMA LUZ EM TEU CAMINHO

Das 07:30 as 08:00

No comando: SINTONIA POPULAR

Das 08:00 as 09:00

Pedro Álvares
No comando: BREGA TOTAL

Das 08:00 as 10:00

No comando: CAJARÍ PARA TODOS

Das 09:00 as 10:00

10
No comando: CONEXÃO DIRETA

Das 09:00 as 11:00

No comando: BINGO VIANA FELIZ

Das 10:00 as 11:00

sabia-e-a-natureza
No comando: BAIXADA EM DEBATE

Das 10:00 as 12:00

No comando: PROGRAMAÇÃO PADRÃO

Das 11:00 as 12:00

No comando: JORNAL REGIONAL

Das 11:00 as 12:00

No comando: BINGO PAPAICAP

Das 12:00 as 13:00

No comando: PALMAS E PALMATÓRIAS

Das 12:00 as 13:00

No comando: VIANA EM FOCO

Das 12:00 as 13:00

No comando: UMA LUZ EM TUA VIDA

Das 13:00 as 13:30

FOTO_VINIL1a
No comando: ARQUIVO MUSICAL (VARIADAS)

Das 13:00 as 15:00

IMG-20170404-WA0044
No comando: DE BEM COM O SUCESSO

Das 13:30 as 15:30

No comando: BINGO

Das 15:00 as 17:00

Riba Sousa
No comando: CONEXÃO REGGAE

Das 15:30 as 17:00

Riba Sousa
No comando: CONEXÃO REGGAE

Das 16:00 as 17:00

No comando: SHOW DA MISTURA

Das 17:00 as 18:00

No comando: SHOW DA MISTURA

Das 17:00 as 18:00

FOTO_VINIL1a
No comando: ARQUIVO MUSICAL (MPB)

Das 17:00 as 20:00

FOTO_PROGRAMA_02
No comando: MOMENTO GOSPEL

Das 18:00 as 19:00

No comando: ENCONTRO MARCADO

Das 18:00 as 20:00

Bandeira-Brasil-stock.xchng-menor
No comando: A VOZ DO BRASIL

Das 19:00 as 20:00

FOTO_VINIL1a
No comando: ARQUIVO MUSICAL (ERUDITAS)

Das 20:00 as 00:00

pplware_gira_discos-720x482
No comando: ARQUIVO MUSICAL

Das 20:00 as 00:00

No comando: PROGRAMAÇÃO PADRÃO

Das 20:00 as 00:00

Minha Rotina

Compartilhe:
140

Minha Rotina

Minha rotina diária é simples. Internet, geladeira, livros, música, geladeira, poesias, celular, geladeira, Netflix, YouTube… Geladeira. Não necessariamente nessa ordem. Mas o que quero falar hoje é sobre esse polêmico uso da cloroquina. O primeiro estudioso que eu li que se  manifestou favorável ao uso dessa droga para combater o corona  foi o Ph.D Didier Raoult (médico e microbiologista) depois o Trump levantou essa bandeira e em seguida, nosso presidente Bolsonaro. A partir desse momento o Brasil passou a ter uma guerra ainda maior, uma guerra contra o presidente.
Eu tenho lido muito sobre o tema, porque sou do grupo de risco duplo (diabetes e obesidade). Aprendi no livro A Arte da guerra, que sair vencedor numa guerra temos que nos conhecer e conhecer o inimigo. Então, até o momento não temos uma bala de prata para destruir esse vírus, mas nós temos algumas armas que podem nos ajudar nessa luta. O que não ajuda é esse movimento de muitos governadores e perfeitos boicotando o uso desse medicamento. Meu amigo, quando vc está numa fase complicada da doença, se especialista disser que “mijo de vaca preta cura.”, Eu bebo. Não tem dessa, até mesmo porque o placebo faz parte da cura. Então parem com essa guerrinha porque o efeito vai ser muito pior. O governo federal deve aumentar a produção e liberar para a população que precisa, porque muitos que criticam já compraram ou já fizeram uso dela.
Vamos deixar de misturar Cora Coralina com o uso da cloroquina.
Eu tenho um four de às da MPB, um desses é Sérgio Sampaio que descreve uma situação real, um prédio em chamas, essa música chama-se a “última esperança” onde ele finaliza assim:
“Tô torcendo pras pessoas que se atiram lá de cima do edifício em chamas na última esperança, na última esperança,
Última esperança de voar.”
Então vamos ter fé e esperança. Vamos apoiar o uso de qualquer remédio que possa nos salvar….deixa eu ir a geladeira .
Cuide-se bem !
Jorge Passinho

DOIS IRMÃOS

Breve Relato
Ela só tinha um irmão. Ele era três anos mais novo do que ela e ambos estavam com setenta anos de idade e algo mais.
Em certa ocasião, ele se separou da esposa e ficou muito abalado.
Mas sua esposa teve um trauma com a morte de sua mãe e também estava confusa.
Imaginou que sozinha iria ficar melhor com sua dor porque se sentiu uma pessoa de difícil convivência.
Ele não se conformou com a decisão dela mas deixou que fosse para um apartamento que tinha recebido por herança.
Os irmãos sempre foram muito amigos na infância e adolescência.
Encontraram-se para conversar um pouco e ela percebeu que ele não havia tirado a aliança.
Perguntou:
- E a aliança mano?
Ele respondeu:
- Sei que ela vai voltar porque não se jogam fora esses 25 anos de casamento, com tanta facilidade e rapidez.
Ela acrescentou:
- E o que mais o preocupa?
Então ele falou:
- Pensei que não terei quem cuide de mim, num primeiro momento, porque nos preocupávamos , um com o outro.
Ela respondeu:
-Mas, sou tua irmã e vou cuidar de ti. Podes contar comigo.
-Ele começou a rir e abraçou sua irmã e ambos não paravam com as gargalhadas. Riram tanto que quase faltou o ar…
Deve ter pensado, possivelmente, que duas pessoas de idade não teriam condições de cuidar uma da outra.
Ele agradeceu sua preocupação e ambos ficaram muito tempo conversando sobre suas vidas e se aproximaram como nunca, recuperando todos aqueles anos que já se viam pouco, devido às preocupações devidas às famílias que haviam construído.
Prometeram que se encontrariam com mais frequência porque eram só eles dois e os pais já estavam em outro plano.
Mais tarde, em menos de um ano, soube-se que o casal havia reatado e a esposa, bem arrependida, percebeu que o marido era um homem muito bom e não merecia o que estava passando.
Continuaram casados com seus filhos e netos.
E ele e sua irmã cumpriram a promessa de estarem mais presentes, um na vida do outro.
Quando a tristeza se faz presente, nada como uma pessoa da família para entender a dor pungente  e servir de ombro amigo para confortar nessas horas.
De uma história tão singela percebemos a solidez dos laços familiares e a importância  de mantê-los sempre, como elos indissolúveis da corrente do bem e do amor fraternal.
KATIA CHIAPPINI

Meu Maranhão 

Haja paixão
Por esse torrão
Que apesar
Dos contrastes
É tão lindo
O meu Maranhão
Por isso fiz
Esse forró
Pra exaltar
Meu Maranhão
Que tem pobreza
Mas também nobreza
De um povo feliz
Ah meu Maranhão
Esse forró
Eu vou  dançar
Bem no meio
Do salão
Para alegrar
Meu coração .
Alan Rubens

PRISIONEIRA
(Conceição Maciel) 

Agarra-te às grades invisíveis
Que te prendem dentro de si
És eterna prisioneira
Envolta em melancolia
Foi menina sem alegria
Escrevia poesia
E vivia sem sorrir.
Os teus versos eram tristes
Rascunhava em papéis amarelados
Tuas lágrimas borravam os versos
De melancolia entranhados.
Jovem prisioneira sem causa
Vítima da própria mente
Anciã de caminhar lento
Olhos tristes a procura de alento
Carregas nas pernas o peso silente
Da alma tatuada sem cura e sem semente.
Prisioneira de pés e mãos livres
As portas estão escancaradas
As janelas abertas estão
O vento entra livremente
Passeia pela casa e descansa
Nas almofadas, confortavelmente.
Liberta-te da prisão
Que te engole na solidão
Deixa entrar o verão
Suavisa o teu coração.
Capanema-Pará -Brasil 

Ouça seu Coração

Faça um minuto
De silêncio
Para ouvir seu coração
Que bate aí dentro
Pedindo carinho
E de nada adianta
Viver sozinho
Com aquela vontade
De um abraço
Então,
Não negue a si mesmo
Viver emoção.
Nilde Serejo

As Poesias de Alan Rubens

No silêncio do aconchego do meu lar, nestes dias de pandemia, volto a reler as obraĹs do poeta ALAN RUBENS. A primeira intitulada UM GRANDE POEMA. Aqui o poeta mostra toda sua sensibilidade em CIDADE NUA onde diz que pedintes “recebem como presente a cidade nua e o brilho da Lua”.
Invocando a proteção divina em A ROUPA DO POEMA pede ao criador “Quero vestir um poema com palavras de amor que traduzem sem dilema a beleza em seu esplendor”. Prosegue em seu canto de amor No poema SUSPIROS “”como não gostar de ti? se tua meiguice me fascina como não gostar de ti se teu cheiro me persegue”.
No final desta obra se encontra UM GRANDE POEMA onde o poeta em sua humidade diz. “Queria escrever um grande poema que alguém ao ler se sentisse no tema”. Li a obra e, tenha certeza, que naveguei na beleza dos seus versos.
Em PALAVRAS DE AMOR inicia com agradecimento para sua MÃE “para você cantarei uma canção de ninar esteja você perto ou em outro lugar”. E em PEÇO quer apenas ” um sorriso para embelezar o dia pode ser de improviso mas que tenha magia”” e mais adiante no poema MEU TESOURO “meu tesouro não é feito de ouro mas é tão valioso, meu tesouro é composto de amigos e família dos filhos das coisas boas do astral”.
Parabéns meu poeta você conquistou o seu tesouro.

Manoel Santana Câmara Alves membros da AMCAL


Deixe seu comentário:

Curta no Facebook

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

diques da baixada

diques da baixada

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

REGGAE

REGGAE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

agenda

julho 2020
D S T Q Q S S
« jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031