Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

7e8f6a2a-0616-4d55-b879-d1b50470df70
No comando: ALEGRIA ALEGRIA

Das 5:00 as 7:30

biblia
No comando: CONVERSANDO COM DEUS

Das 7:30 as 9:00

7e8f6a2a-0616-4d55-b879-d1b50470df70
No comando: ALEGRIA ALEGRIA

Das 05:00 as 07:30

No comando: ARQUIVO SERTANEJO

Das 05:00 as 08:00

No comando: UMA LUZ EM TEU CAMINHO

Das 07:30 as 08:00

No comando: SINTONIA POPULAR

Das 08:00 as 09:00

Pedro Álvares
No comando: BREGA TOTAL

Das 08:00 as 10:00

No comando: CAJARÍ PARA TODOS

Das 09:00 as 10:00

10
No comando: CONEXÃO DIRETA

Das 09:00 as 11:00

No comando: BINGO VIANA FELIZ

Das 10:00 as 11:00

sabia-e-a-natureza
No comando: BAIXADA EM DEBATE

Das 10:00 as 12:00

No comando: PROGRAMAÇÃO PADRÃO

Das 11:00 as 12:00

No comando: JORNAL REGIONAL

Das 11:00 as 12:00

No comando: BINGO PAPAICAP

Das 12:00 as 13:00

No comando: PALMAS E PALMATÓRIAS

Das 12:00 as 13:00

No comando: VIANA EM FOCO

Das 12:00 as 13:00

No comando: UMA LUZ EM TUA VIDA

Das 13:00 as 13:30

FOTO_VINIL1a
No comando: ARQUIVO MUSICAL (VARIADAS)

Das 13:00 as 15:00

IMG-20170404-WA0044
No comando: DE BEM COM O SUCESSO

Das 13:30 as 15:30

No comando: BINGO

Das 15:00 as 17:00

Riba Sousa
No comando: CONEXÃO REGGAE

Das 15:30 as 17:00

Riba Sousa
No comando: CONEXÃO REGGAE

Das 16:00 as 17:00

No comando: SHOW DA MISTURA

Das 17:00 as 18:00

No comando: SHOW DA MISTURA

Das 17:00 as 18:00

FOTO_VINIL1a
No comando: ARQUIVO MUSICAL (MPB)

Das 17:00 as 20:00

FOTO_PROGRAMA_02
No comando: MOMENTO GOSPEL

Das 18:00 as 19:00

No comando: ENCONTRO MARCADO

Das 18:00 as 20:00

Bandeira-Brasil-stock.xchng-menor
No comando: A VOZ DO BRASIL

Das 19:00 as 20:00

FOTO_VINIL1a
No comando: ARQUIVO MUSICAL (ERUDITAS)

Das 20:00 as 00:00

pplware_gira_discos-720x482
No comando: ARQUIVO MUSICAL

Das 20:00 as 00:00

No comando: PROGRAMAÇÃO PADRÃO

Das 20:00 as 00:00

Sinais que curam

Compartilhe:
140

Sinais que curam
(Autoria: Elza Melo)

Quero te admirar por dentro
Olhar os quatro cantos do teu coração
E sentir o pulsar das tuas tristezas
Dividir contigo
As gotículas das tuas horas angustiadas
Onde os sorrisos insistiram te deixar ali
Gritando e implorando por eles
Quero te envolver com meus braços e abraços
Deixar em ti minhas melhores energias
Aquelas que nasceram em mim
Numa manhã que o sol e as flores
Faziam jorrar sinais de esperanças
Quero ouvir tua voz
Mesmo trêmula e cansada
Ser alívio para tuas aflições e inquietações
Ser mãos que acolhem e unem forças
Ser um sinal de paz
Nas horas que a alma chora tristeza
Quero ser uma palavra que conforta
Que faz florescer amor nos teus sentimentos
Quero ser uma voz que fala ternura
Um ombro que secam lágrimas
Um coração que acolhe solidão
Quero ser ânimo pra te proteger
Quando a vida insistir perder o sentido
Porque não são teus sentimentos que querem sofrer
São os sofrimentos que insistem te deixar tristonho
Vamos sorrir pra vida juntos
Viver a doce liberdade de ser feliz.
Setembro amarelo
Viva a vida!

 

 


 

 

 

Amor e flor

 

Amor é como flor
Exala perfume…

Agrada coração
Deixa saudade…

Também marca
Como lembrança…
Proporcionando
alegria e harmonia

Por onde passar
Vai agradar…

Rosene Cartagenes

 

 


 

 

 

Sem você

 

Sem você
Não há sol
nas minhas manhãs
Não há estrelas
nas noites tão minhas
Não há flores
no meu jardim
Não há encanto
na natureza
Só há beleza
se houver a sua
presença linda.

Conceição Maciel

 


 

 

O LUAR E A SOLIDÃO

 

Fico rolando na cama
Coração tá reclamando
Sinto falta de você
o luar cai sobre a mata
Parece chuva de prata
Coisa linda de se ver
Sufocado me levanto
Tentando esconder meu pranto
Mas é grande meu sofrer
E a lua no céu me olhando
Parece me perguntando
Estás sofrendo por quê?

Levanto e saio lá fora
Essa dor que me apavora
Eu conversso com o luar
Será que ele está dormindo
E precisa de carinho
me diz como ele estará
O luar nao me responde
E entre nuvens se esconde
Pra não ver a minha dor
E volto pra minha cama
São lágrimas que derramo
Sentindo falta de amor.

Maria Gorete C.Souza

 

 


 

 

 

MEUS “POR QUES”

 

As vezes, eu só queria entender,
Entender o porquê
Das coisas que nunca foram
Mas que deveriam ser.

Se não era pra acontecer
Por que é que você
Tinha que aparecer?
Se meu mundo era o seu,
Por que será que não deu?
Se você era minha felicidade
Por que me deixou na saudade?
Por que é que não ficou?
Pois o meu coração
No primeiro instante te amou
Por que você continua aqui?
Cada vez que eu respiro
Sem querer eu penso em ti

Por que os “por ques” da minha vida
Tem que ser cheio de você?

Por que é que não vens?
Por que é que ainda me tens?

Ah… por ques…
São tantas perguntas
Mas, por que é que não juntas?
Era o que eu mais queria
Assim talvez, você viria
E juntinhos como o “porquê”
Ficaríamos eu e você
E assim, mais nada perguntaria
“por que” já não existiria
Com você juntinho a mim
Sem “por ques” até o fim

Célia Casagrande

 

 


 

 

 

É no colo de Deus o nosso melhor abrigo !

Alan Rubens

 

 


 

 

Voz da Alma

Canto
Com a voz da alma
Espalho
A poesia na estrada
Para espalhar
Amor sem fim
Olha a chuva
Caindo lá fora
Escorre na pele
Todo sentimento
Que em me aflora
Quando penso em ti
Faço versos e rimas
Sua lembrança me inspira
Quando cai a noite
Sonho acordada
Com tua melodia.
Nilde Serejo

 

 


 

 

 

A força da mulher

 

A mulher
parece frágil,
mas não é.
É bem forte
quando ela quer.
Enfrenta obstáculos,
e continua de pé!
Engole suas dores
com força e fé…
Especialista
em tudo que faz…
Ela demonstra
o quanto é capaz!
Ela insiste,
correndo atrás…
Vai em busca,
e sempre quer mais!

D’jesus Cutrim

 

 


 

 

 

Nasci em Matinha-MA., mas foi São Luís do Maranhão, em 1966, o lugar que me abraçou e me adotou quando cheguei. Participei de uma antologia de poetas brasileiros, no Rio de Janeiro, pela SHOGUN ARTE. Intitulada de CIDADES BRASILEIRAS ( versão capitais) e eu que aprendi a amar também São Luís, escrevi esta poesia.

ASSIM É MEU LUGAR

Chuva com sol
Sol com chuva
A maré está alta
A lua está cheia
Vem sol dourado
Vem me dourar
Depois vem a chuva
Vem me molhar
Chuar de chuvas
Se confundem
Com chuar de fontes
Só que as chuvas correm
pro mar
E as fontes, histórias
vem nos contar.
As ruas sempre ladeadas
De sobradões coloniais
Onde azulejos retratam
Os tempos que não voltam mais.

Mas o passado
Não está tão distante
Pois a história
Se vê a cada instante
E o que não se vê andando
Podemos vê dos mirantes.

Então venha vê pra crer
E olhar pra enchergar
O que a terra das palmeiras tem:
Tem cafua, tem sabiá
Tem galerias segretas
Guardando segredos
Que até faz medo
A gente entrar.
Mas tudo é história
É verdade, é glória.
É encanto que encanta
São Luis do Maranhão.
Um lugar amigo
Onde vou chegar
E em poesia
Quero cantar
Quero sorrir
Quero falar
E abraçar este lugar.

 

 


 

 

 

Meu sorriso em teus pensamentos

Por trás do meu sorriso, não duvides , se possível posso ser seu paraíso.
Posso te passar minha alegria, ser teu bem , ser tua melhor companhia.
Meu sorriso erotizado , talvez o seu maior pecado, quando me olhas com um certo mistério e me envolves com ardor .
Vou te deixar cair nas armadilhas do meu corpo que te excita com o feitiço do amor.
Eu me exponho em seus momentos e lhe prendo em pensamentos.
Quero sua obsessão de me ter como única paixão.
Rita Santarém

 

 


 

 

 

Deixe seu comentário:

Curta no Facebook

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

diques da baixada

diques da baixada

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

REGGAE

REGGAE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

agenda

outubro 2020
D S T Q Q S S
« set    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031