Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

7e8f6a2a-0616-4d55-b879-d1b50470df70
No comando: ALEGRIA ALEGRIA

Das 5:00 as 7:30

biblia
No comando: CONVERSANDO COM DEUS

Das 7:30 as 9:00

7e8f6a2a-0616-4d55-b879-d1b50470df70
No comando: ALEGRIA ALEGRIA

Das 05:00 as 07:30

No comando: ARQUIVO SERTANEJO

Das 05:00 as 08:00

No comando: UMA LUZ EM TEU CAMINHO

Das 07:30 as 08:00

No comando: SINTONIA POPULAR

Das 08:00 as 09:00

Pedro Álvares
No comando: BREGA TOTAL

Das 08:00 as 10:00

No comando: CAJARÍ PARA TODOS

Das 09:00 as 10:00

10
No comando: CONEXÃO DIRETA

Das 09:00 as 11:00

No comando: BINGO VIANA FELIZ

Das 10:00 as 11:00

sabia-e-a-natureza
No comando: BAIXADA EM DEBATE

Das 10:00 as 12:00

No comando: PROGRAMAÇÃO PADRÃO

Das 11:00 as 12:00

No comando: JORNAL REGIONAL

Das 11:00 as 12:00

No comando: BINGO PAPAICAP

Das 12:00 as 13:00

No comando: PALMAS E PALMATÓRIAS

Das 12:00 as 13:00

No comando: VIANA EM FOCO

Das 12:00 as 13:00

No comando: UMA LUZ EM TUA VIDA

Das 13:00 as 13:30

FOTO_VINIL1a
No comando: ARQUIVO MUSICAL (VARIADAS)

Das 13:00 as 15:00

IMG-20170404-WA0044
No comando: DE BEM COM O SUCESSO

Das 13:30 as 15:30

No comando: BINGO

Das 15:00 as 17:00

Riba Sousa
No comando: CONEXÃO REGGAE

Das 15:30 as 17:00

Riba Sousa
No comando: CONEXÃO REGGAE

Das 16:00 as 17:00

No comando: SHOW DA MISTURA

Das 17:00 as 18:00

No comando: SHOW DA MISTURA

Das 17:00 as 18:00

FOTO_VINIL1a
No comando: ARQUIVO MUSICAL (MPB)

Das 17:00 as 20:00

FOTO_PROGRAMA_02
No comando: MOMENTO GOSPEL

Das 18:00 as 19:00

No comando: ENCONTRO MARCADO

Das 18:00 as 20:00

Bandeira-Brasil-stock.xchng-menor
No comando: A VOZ DO BRASIL

Das 19:00 as 20:00

FOTO_VINIL1a
No comando: ARQUIVO MUSICAL (ERUDITAS)

Das 20:00 as 00:00

pplware_gira_discos-720x482
No comando: ARQUIVO MUSICAL

Das 20:00 as 00:00

No comando: PROGRAMAÇÃO PADRÃO

Das 20:00 as 00:00

ZÉ DA PROMESSA

Compartilhe:
140

Do livro Na Porteira do Tempo . Manoel Câmara membro da AMCAL onde ocupa a cadeira número 2

 


 

 

ZÉ DA PROMESSA

Assim era  conhecido, José Ribamar de Sá, meu avô por parte de pai. Na cidade de Viana e adjacências era conhecido por essa alcunha em virtude de uma promessa feita por sua mãe, embora muitos associassem a uma outra história que comentavam, mas que relatarei em outro momento.
Mas  o que gostaria de relatar mesmo, são  as observações de menino curioso durante a grata convivência que tive com ele durante minha infância, de  algumas atitudes suas que aguçavam minha curiosidade. Uma  delas decorre do fato que para comer manga, por exemplo, ele não comia se fosse juntada do chão. Cansei de observar ele ir até um pé de manga que tinha no quintal e chegar junto aos galhos carregados apanhar três, quatro ou cinco mangas antes de amadurecer totalmente e colocar dentro de um cofo cheio de folhas e deixá-las por uns dias até amadurecem totalmente. Ai ele tirava essas mangas lavava e após o almoço ia comendo pacientemente,  cortando aos poucos com uma faca ou canivete e outras ia comendo com a farinha no prato  retirarando toda a casca e lambuzando-a junto à farinha. Esse detalhe me  chamava a atenção, e eu pensava comigo mesmo que ele nunca devia ter comido uma só manga magoada com o baque no chão, quando cai de madura visto que era do pé da mangueira pra sua mão e de lá pra esse cofo. Quando lhe perguntei certa vez o motivo ele dizia sorrindo que o sabor era diferente.
Outra coisa que me chamava a atenção era o fato dele comer com tamanha paciência, pois mastigava devagar parecendo saborear cada pedacinho de comida em sua boca, um de cada vez como se estivesse sentindo o sabor de cada alimento diferente ao mesmo tempo. Eu ficava admirado com essas minuciosidades que aos outros não chamava a atenção mas eu admirava  tudo isso embora bem novinho, considerava muito interessante, uma preciosidade.
Outro detalhe que me chamava a atenção era  fato de haver sempre uma garrafa de café sobre à mesa e, das vezes que ele passava pela cozinha ao voltar do quintal sempre tomava uma xícara com café mesmo que fosse um gole apenas.
Ainda  hoje tenho respeito, saudades e admiração, pelas lições  que me ensinou  mesmo sem nada me falar. A minha avó, sua esposa, D. Benedita era também de uma sabedoria tão incomum nos dias de hoje. A sabedoria a que me refiro é aquela que vem de dentro, da criação, de berço como costumamos dizer.
Alan Rubens

Quintaneando 

Lendo
Teus versos
Fui Quintaneando
Sentado
No meu quintal
Que tem a beleza
E simplicidade
Da vida que teve…
Era tão Mário
O que lia
Que às vezes
Até sorria
Maravilhado
Com tanta poesia
E tanta harmonia…
Tu foste
Tão profundo
Com teus textos
Que é impossível
Ler e não se encantar
Com tamanha grandeza
Nas entrelinhas
Das tuas palavras…
Dá para conjugar
O verbo Quintanear
E nos teus versos
Envolver-se
Com a maestria
Das tuas palavras
Que com fineza
E sutil delicadeza
Tu eternizaste.
Alan Rubens

” Permita-se situações favoráveis , que acariciem a alma e elevem a autoestima”
Alan Rubens

untitled

Deixe seu comentário:

Curta no Facebook

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

diques da baixada

diques da baixada

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

REGGAE

REGGAE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

agenda

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930