Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

7e8f6a2a-0616-4d55-b879-d1b50470df70
No comando: ALEGRIA ALEGRIA

Das 5:00 as 7:30

biblia
No comando: CONVERSANDO COM DEUS

Das 7:30 as 9:00

7e8f6a2a-0616-4d55-b879-d1b50470df70
No comando: ALEGRIA ALEGRIA

Das 05:00 as 07:30

No comando: ARQUIVO SERTANEJO

Das 05:00 as 08:00

No comando: UMA LUZ EM TEU CAMINHO

Das 07:30 as 08:00

No comando: SINTONIA POPULAR

Das 08:00 as 09:00

Pedro Álvares
No comando: BREGA TOTAL

Das 08:00 as 10:00

No comando: CAJARÍ PARA TODOS

Das 09:00 as 10:00

10
No comando: CONEXÃO DIRETA

Das 09:00 as 11:00

No comando: BINGO VIANA FELIZ

Das 10:00 as 11:00

sabia-e-a-natureza
No comando: BAIXADA EM DEBATE

Das 10:00 as 12:00

No comando: PROGRAMAÇÃO PADRÃO

Das 11:00 as 12:00

No comando: JORNAL REGIONAL

Das 11:00 as 12:00

No comando: BINGO PAPAICAP

Das 12:00 as 13:00

No comando: PALMAS E PALMATÓRIAS

Das 12:00 as 13:00

No comando: VIANA EM FOCO

Das 12:00 as 13:00

No comando: UMA LUZ EM TUA VIDA

Das 13:00 as 13:30

FOTO_VINIL1a
No comando: ARQUIVO MUSICAL (VARIADAS)

Das 13:00 as 15:00

IMG-20170404-WA0044
No comando: DE BEM COM O SUCESSO

Das 13:30 as 15:30

No comando: BINGO

Das 15:00 as 17:00

Riba Sousa
No comando: CONEXÃO REGGAE

Das 15:30 as 17:00

Riba Sousa
No comando: CONEXÃO REGGAE

Das 16:00 as 17:00

No comando: SHOW DA MISTURA

Das 17:00 as 18:00

No comando: SHOW DA MISTURA

Das 17:00 as 18:00

FOTO_VINIL1a
No comando: ARQUIVO MUSICAL (MPB)

Das 17:00 as 20:00

FOTO_PROGRAMA_02
No comando: MOMENTO GOSPEL

Das 18:00 as 19:00

No comando: ENCONTRO MARCADO

Das 18:00 as 20:00

Bandeira-Brasil-stock.xchng-menor
No comando: A VOZ DO BRASIL

Das 19:00 as 20:00

FOTO_VINIL1a
No comando: ARQUIVO MUSICAL (ERUDITAS)

Das 20:00 as 00:00

pplware_gira_discos-720x482
No comando: ARQUIVO MUSICAL

Das 20:00 as 00:00

No comando: PROGRAMAÇÃO PADRÃO

Das 20:00 as 00:00

MEU QUERIDO AMIGO

Compartilhe:
140

MEU QUERIDO AMIGO

 

Não te vejo mais sorrindo,
Meu querido amigo,
Já não tem mais alegria,
O que aconteceu contigo?
Só anda de cabisbaixa,
Parece não ter mais sentido.

Sei que no mundo existe dor,
Na.estrada tem espinho,
Quase não encontra amor,
No mundo não tem mais carinho,
Não fique assim meu querido amigo,
Você não está sozinho.

Você já anda sem razão,
Seu coração está ferido,
Só outro amor pode curar,
Nada está perdido,
A fé transforma o coração,
Meu querido amigo.

Raimundo Ramos
Poeta paraense

 


 

 

Calmaria

 

Às vezes a vida insisti
Que eu me torne áspera
Ainda assim meu coração
Preserva a doçura
A quietude
A plenitude
Quero o amor
Minha principal prioridade
Nas turbulências
Não deixar apagar
A primavera que mora no meu sorriso
Deixar a paz adocicar meus dias
As energias positivas
Aquecer minha alma
São as pequenas coisas
Embora tão simples e delicadas
Que suprem meus dias de calmaria.

Elza Melo
03.05.2019

Titular da cadeira no. 11 da ACLA – Academia Capanemense de Letras e Artes

 


 

 

Pai cuidador

 

Inquestionável é a parte do Criador
Que tudo fez sabiamente
Sempre foi e será Pai cuidador
Mas qual a intenção da sua mente?

Devemos fazer nosso papel
Sermos útil como criação
Rasgar da alma todo véu
Purificar o coração

Descobrir-se como ser
Trilhar a vereda da vida
Desligar-se do que irá fenecer
Plantar a semente infinda

Filho legítimo deve ser gerado
Busque essa compreensão
Não fantasie um reino encantado
É preciso curar a visão

A realidade é nua e crua
Não cabe nela utopia
Revista a alma, não fique nua
Seja amiga da sabedoria

O verdadeiro amor não é um conto
E no erro não se passa a mão
Não fique dormindo no ponto
Os versos pedem atenção

Rever todas ações
Nossos atos e conceitos
Sem usar justificações
Nem culpar outro sujeito

Dentro de todos nós
Há um caminho a ser trilhado
Concentre-se, fique a sós
Saia desse emaranhado

Por Michele Mi 
Tema sugerido por: Márcia Rocher – Apucarana/PR

 


 

 

Encantos da Paixão

 

E na suavidade quase lírica das suas palavras, que transbordava amor, ela deixava revelar – se numa intimidade permissiva e mais que envolvente.

Na sua solitude, sentia pulsar no peito a deliciosa vontade de deixar – se levar pelos encantos de uma verdadeira paixão.

Rita Santarém

 


 

 

Camolê

 

Maria mãe maravilhosa.
Mulher, mística…
Magníífica!
Nilde Serejo

 


 

 

Do outro lado do infinito

 

Limitamo-nos ao pó que é espalhado
Laços que impede-nos ampliar a visão
E tudo o que fica espelhado
É o mar da eterna ilusão

É permitido aos olhos enxergar o céu
E o anoitecer reflete a lua
Luz difusa escondida pelo véu
Luz estelar deixa minha alma nua

Imagino como deve ser
Do outro lado do infinito
O azul marinho dorme e vem o amanhecer
Acorda o azul celeste entre nuvens num céu tão limpo

E o olhar continua intacto
Rastejante pelo chão em secura
Quiçá encontre esta alma um cácto
Neste deserto de miragens e loucuras

Há um abismo entre este lado mortal
E o outro lado do infinito
O medo da descoberta destila o abissal
A escuridão apaga o que é colorido

Mas a vida traz cor
E só com ela podemos colorir
Tons vibrantes desabrocham flor
Até que nosso campo vasto venha florir

É impressionante
O transportar da consciência
E também mui confortante
Saber que há a nós as reticências

A continuidade
Que faz atravessar o abismo
Adentrando com a vida à eternidade
Fazendo-se no infinito um algarismo

Mais um
Que completa o corpo supremo
Nada comum
Diante a tantos milhares de espelhos

Que tornaram-se breu
Refletindo o nada que adquiriram
Que nem em si mesmo creu
Muito menos se descobriram

É preciso desbravar
Destravar suas dores e amores
Até que em alma venha tornar
E do outro lado do infinito desenha-se em aquarela com mil cores

Patricia Campos 

 


 

 

Camolê

 

Mães merecem mimos.
Majestosas, motivadoras…
Memoráveis!
Alan Rubens

 


 

 

Sou vento forte

 

Sou vento forte
Sopro sonhos de beleza
Despenteando cabelos
Embaraçando vaidades
Ouso falar de esperança
Em ouvidos surdos
Acalento brisas
Em corações apaixonados
Balanço redes
Em coqueiros de preguiça
Levo barquinhos a vela
Através da ilusão
Por caminhos do faz de conta
Castelos imaginários
Sempre encantados!

Olema Mariz 

 


 

 

Dizem que sou arteira
Fico até muito contente
Quem pode da arte desfrutar
Sempre agrada muita gente.
Suely Saad

 


 

 

Alaniano Poético

 

Olho para ele.
Dengoso pedindo carinhos…
Desejos intensos.

Rose Melo
02/05/21

 


 

 

AUSTIN

Mãe
Altivo,
Ser
Pequena,
Relíquia…
Adele Pereira

 


 

 

A vida, muitas vezes, em um segundo se vai, não dando tempo para você se organizar, muito menos para levar tudo o que você, correndo, conseguiu acumular…
Aldemira Aguiar

 


 

 

Da vida nada levamos, mas deixamos o que plantamos, durante toda vida…
D’Jesus Cutrim

 


 

 

MEU ÚLTIMO PEDIDO

Quero ser plantado nu na fertilidade da terra (embora a idéia de vermes pastando em meu corpo seja abominável), pois nasci nu e vivi nu, em meio de falsos sorrisos.
Um caixote de ripas de andiroba resolve meu problema. É frágil, mais fácil de ser destruído. Mas, caso não exista mais tal recurso, plante-me nu.
Somente nu.
Não quero vela. Por que alumiar, quando já vivi toda uma vida no escuro?
Sem velas!
Choro? Não quero choro. Chorei com poucos segundos de vida até o último suspiro. Morrerei chorando.
Respeito ao defunto? Sim, exijo respeito. Sou um pobre defunto de uma vida-morta. Não aceito pilhérias, nem lorotas, nem dominó latindo na tábua da mesa, nem gargalhadas abafadas. Um defunto sério … Quero ver a sinceridade ao menos uma vez (na vida), no meu velório.
Mas, se tudo que peço for muito, lixem-se. A vontade de um morto é sagrada. Mas, se mesmo sagrada não for cumprida sagradamente, pelo menos não se esqueçam de pendurar no morto (no caso eu), ou depositar ao lado, um litro (!).
… lembrem-se de que os vermes também têm sede.

Zé Carlos

 


 

 

 

Deixe seu comentário:

Curta no Facebook

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

diques da baixada

diques da baixada

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

REGGAE

REGGAE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

agenda

junho 2021
D S T Q Q S S
« mai    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930